FANDOM


"Marcela, você é uma garota doce, mas infelizmente pra você eu sou amarga" é o primeiro episódio de Survivor VD: Amazonas.

A frase do episódio foi dita em um dos votos do primeiro Conselho Tribal do jogo.

História

Pela primeira vez na história do Survivor VD tivemos dois eliminados antes mesmo do jogo começar. Diego Moreira e Davi Façanha não foram escolhidos na dinâmica de distribuição de tribos e acabaram ficando de fora da décima nona temporada. Enquanto Davi Façanha não apresentou um perfil completo, Diego por desatenção acabou recebendo notas baixas na qualidade do material e desempenho em provas. Ironicamente, numa temporada em que Amazonas é o local sede, os dois selecionados de Manaus foram barrados já na entrada. Com seu bom humor, Diego se despediu dizendo: "Me chama de barrado, me chama, eu gosto de ser humilhado". Nessa temporada também não havia imunidade para o melhor vídeo, mas o melhor material garantia a entrada no jogo mesmo se não fosse escolhido e para Amazonas garantia iniciar com prioridade o processo de distribuição de tribos. Raboni Medeiros entre os participantes e Milene entre as Amazonas foram eleitos pela moderação com o melhor material.

A dinâmica de distribuição de tribos contou com 3 mulheres que já participaram de outras temporadas, retornaram para uma nova chance assumindo o papel de líderes/amazonas de suas tribos. Com perfil não identificado, elas precisaram escolher seus membros às escuras, tentando montar uma tribo o mais forte social e fisicamente possível. Enquanto Carolina, retornante da temporada Coreias, baseou suas decisões mais voltadas para identificação e sintonia, Gabriela, retornante da temporada Irlanda, focou em participantes com os melhores desempenho em provas. Já Milene Dos Reis, retornante de Alemanhas, foi a mais rigorosa de todas. Com decisões pautadas em diferentes argumentos, de intuição a desempenho em provas, Milene acabou ficando com a decisão final de poder salvar 2 dos 4 que ouviram 3 nãos. E foi nesse momento que Missy Queiroga e João Matheus foram salvos de uma eliminação precoce.

Nessa temporada a fusão já foi explicada no dia 1: ela só irá ocorrer quando uma tribo for dizimada, o que implicava numa união tribal ainda maior. Tomados pelo pânico de ser o primeiro eliminado os participantes se viram diante uma prova longa e exaustiva onde os 8 membros deveriam realizar 6 missões, sendo cada uma liberada a cada 4 horas.

Na missão 1 eles precisavam encontrar ex-jogadoras do Survivor VD e enviar e solicitar o maior número possível de fotos em que elas segurassem placas com os nomes das tribos. Cada foto correspondia a 1 ponto. Gabi, líder da tribo Iara, utilizou sua rede de contatos e junto com sua tribo conseguiu 40 pontos começando a disputa com grande diferença contra Angra, 23 pontos e Jaci com seus 28 pontos. Yargo Brito então desabafou que a frase que ele mais ouviu naquele dia foi: "Gabi me mata, prometi só pra Iara". Carol recorreu inclusive ao twitter para procurar ex-participantes que ninguém tinha mais contato. "E que canseira elas deram" desabafou ao entregar o material.

Na missão 2 os participantes foram surpreendidos achando que o simbolo da missão seria uma lagrima quando na verdade eram sangue. Eles precisavam encontrar 3 pessoas dispostas a doarem sangue em nome da equipe. Marcos desabafou: "Disseram que o simbolo não era uma lágrima, era sangue..acho que é os 2...". Enquanto levantou-se um debate sobre o impedimento de homens homossexuais possuem de doar sangue, Carol se viu barrada por outro motivo: barreira fitossanitária, já que tinha que estar morando no minimo 3 anos no sudeste para conseguir doar. E assim, Angra só marcou 20 pontos enquanto Jaci e Iara marcaram 30, aumentando assim a diferença para a lanterna. Literalmente nessa prova, Leandro Goulart, Isabela Costa e Beatriz Forlenza deram o sangue pela equipe.

Na missão 3 eles precisavam tirar fotos com 16 objetos, sendo obrigatório 2 objetos para cada participante. Os objetos eram divididos em 2 grupos, um que representava a amazonas, e outro que representava protagonismo feminino. Angra e Iara gabaritaram essa prova marcando 80 pontos cada uma, enquanto Yargo pela tribo Jaci não conseguiu que seu papagaio subisse em seu braço adicionando assim 75 pontos. Mas a tentativa de Yargo não pode ser desmerecida já que sofreu um acidente de carro enquanto procurava por um específico CD de Elza Soares: "Esse CD não vende em canto nenhum" - desabafou Missy diante a dificuldade da tribo.

Na missão 4 eles tiveram que convencer pessoas em um transporte público a cantar Evidências junto com eles. Raboni, que protagonizou a maioria dos desafios, foi elogiado por um grupo de velhinhas ao criar a história que estava gravando uma declaração para a namorada: "Sua namorada é uma mulher de sorte" e marcou 35 pontos para a tribo Angra. Já Carlos H. (Caik) não teve a mesma sorte. As pessoas do metrô de Belo Horizonte não se empolgaram com sua cantoria e mesmo envergonhado Caik não se desmotivou e garantiu 35 pontos para a tribo Jaci. Por fim, a tribo Iara se viu em um de seus maiores obstáculos, o vídeo gravado por Leandro corria risco de ser penalizado pois começou a ser gravado no meio da cantoria e em nenhum momento, durante o vídeo, Leandro se comunicou com as pessoas ao redor. No desespero de não perder tantos pontos, Isabela enfrentou a vergonha e cantou em um ônibus em Bauru, garantindo 30 pontos já que os 5 extras foram perdidos por não ter 10 ou mais passageiros no momento do vídeo. Mas registrou: "Eu mato vocês. Quase fiz xixi na calça".

Na missão 5 eles precisavam encontrar um carro com uma placa o mais distante possível da cidade deles. Guilherme Telles em Salvador encontrou uma placa de Curitiba, garantindo a terceira posição para sua tribo e perdendo a distância que Iara conquistou nas outras missões. Raboni no Rio de Janeiro encontrou um carro de Porto Velho para tribo Angra, mas não foi suficiente para bater a tribo Jaci, no qual Julio Cesar em Caxias do Sul encontrou uma placa de Manaus, marcando assim 10 e 15 pontos respectivamente.

Na última missão, Raboni (Angra), Julio (Jaci) e Ian Thommas (Iara) tiveram que solucionar um puzzle gigante. Destruidor em puzzle desde a seleção, ninguém conseguiu bater Raboni, enquanto Ian pela Iara conseguiu a terceira colocação consecutiva para a tribo Iara.

Após essas missões, Jaci conquistou a primeira colocação por apenas 3 pontos de diferença da Iara, enquanto Iara se salvou em segundo lugar com apenas 7 pontos de diferença da tribo Angra.

No Conselho Tribal, Carol não abriu mão de sua imunidade para votar e seus 7 escolhidos foram juntos para a votação. No conselho tribal todos foram receosos em relação de arriscar o eliminado, exceto Raboni que admitiu acreditar saber quem sairia, a não ser que tomasse um blind. Apontada como a possível tribo mais fraca da competição, Stéfane Mendes resumiu o bem o que toda tribo sentia: "Talvez por termos muitos novatos, somos desacreditado. Todos tem suas fraquezas". Com votos que variavam entre criticas a seu desempenho em prova ao fato de fazer um forte social com membros de outra tribo, Marcela Rohden acabou recebendo os votos de todos seus companheiros, enquanto Glauco Moreira recebeu o único e solitário voto. Entre os votos, um vilão/vilã já deixou sua marca na justificativa: "Marcela, você é uma pessoa doce, mas eu sou uma pessoa amarga". Ao se despedir Marcela admite que ao menos o bolão ela se deu bem, já que nem ela acreditou na própria tribo.

Milene, líder da tribo Jaci, por vencer a imunidade, teve o direito de escolher 3 participantes para disputar pela pista do ídolo. Raboni, Isabela e Júlio foram escolhidos e numa mini-prova, Raboni novamente vence uma prova o que faz Julio desabafar: "Todo dia Julio perdendo pro Raboni ao som de Sweet Dreams". Com direito a levar uma pessoa com ele, Raboni escolhe Julio e deixa Isabela pra trás.

Dia 3

1º Conselho Tribal

Angra
Votados Votantes
Marcela s19
Marcela (6 votos)
Beatriz s19
Beatriz
Glauco s19
Glauco
Jon s19
Jon
Marcos s19
Marcos
Raboni s19
Raboni
Stefane s19
Stéfane
Glauco s19
Glauco (1 voto)
Marcela s19
Marcela
ELIMINADA:
Marcela s19
Marcela Rohden

Ainda na Competição

1901

Survivor VD
Temporadas GréciaHavaíSibériaBrasil (All-Stars)GalápagosEgitoVietnãEstados Unidos (All-Stars)FrançaNova ZelândiaUgandaCuba (All-Stars)IrlandaAlemanhasGobi (Fans VS Favorites)TuvaluMumbai (All-Stars)Coreias (Blood VS Water)Amazonas
Vencedores Bianca BassaniWalfrit SchreinerLucas LubeMarcelo SanchesWell TuriniLarissa RamosTon RodriguesLuana OliveiraAnna Paula MachadoCarlinhos NiettoThadeu RossiBruno de ToledoBernardo LealFernando 'Nanduuh' AgostinelliLuan SousaDiego CostaGeovani ReisLeonardo SilveiraCaik Fonseca
Sprint Players Bianca BassaniWalfrit SchreinerLucas LubeJéssica VieiraWell TuriniLuana OliveiraTon RodriguesLuana OliveiraAnna Paula MachadoJeff 'Çoço' SilvaThadeu RossiBruno de ToledoEverton MassanoGeovani ReisLuan CunhaDiego CostaGeovani ReisAdriano FontouraBeatriz Forlenza
Sweethearts Stefanye TrombiniIngrid MarquezLeonam OliveiraMarcelo SanchesAislan KönigElaine MusculiniDenise SpinaTiago LimaJJ & RCDudu SouzaArthur MuzziRich LourençoWags GimenezChris FalcãoVince FerreiraIzabela FerreiraIzabela FerreiraAdriano FontouraIsabela Costa
Moderação Atuais: Vinícius D'Ávila (Diretor-Chefe)Kevin Villanova (2012-)Douglas Duarte (2014-)Eduardo César (2015-)Lucas Leal (2015-)Issa Rocha (2015-)Samuel Sanção (2016-)Yury Simen (2016-)
Antigos: Felipe Oliveira (2010-2014)Jéssica Vieira (2011-2012)Well Turini (2011)Dudu Souza (2013-2014)Matheus D'Ávila (2013-2014)Arthur Muzzi (2014)JJ Bernardo (2014-2015)Rhuan Constantino (2014-2015)Thiago Lopes (2017)
Spin-Offs Survivor Identidade Falsa
Outros RegrasLista de ParticipantesMedalhasPuffsEncontrão Survivor VDSurvivor VD 5 Anos

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.